READING

Around the World | Sónar completa 25 anos de vangu...

Around the World | Sónar completa 25 anos de vanguarda em junho

Por Inacio Martinelli

Certos festivais possuem uma reputação que atravessa gerações e exercem forte influência em todo o setor. Sem dúvidas, o Sónar está nesta concorrida lista. Criado em 1994 pelo jornalista musical Ricard Nobles em parceria com os artistas visuais Enric Palau e Sergio Caballero, o evento espanhol completa 25 anos de vanguarda em junho com fôlego renovado após bater o recorde de público na última edição, que reuniu mais de 120 mil pessoas.

Concebido como um festival de música avançada e arte multimídia, hoje em dia o Sónar apresenta três pilares que reafirmam e expandem o seu conceito original: música, tecnologia e criatividade.

Música:

A primeira edição do evento contou com lendas que permanecem influentes até hoje como Laurent Garnier e Sven Väth. Com o aumento da sua importância, o Sónar virou uma vitrine da música eletrônica contemporânea, sendo um laboratório de novos talentos e parada obrigatória para grandes nomes como Björk, Kraftwerk, Daft Punk, The Chemical Brothers, Aphex Twin, Nicolas Jaar, entre muitos outros. Hoje em dia, é um desafio achar um artista de renome do gênero que não tenha passado pelo festival.

Em 2018, a história irá se repetir em Barcelona. De 14 a 16 de junho, mais de 140 performances vão tomar conta dos dez palcos do evento, que é dividido entre a parte diurna e a noturna. A primeira é realizada no centro de convenções Fira Montjuïc e conta com nomes como Black Coffee, George Fitzgerald, a nova sensação do hip hop inglês IAMDDB e um set especial de Laurent Garnier (Laurent Plays Garnier), no qual o francês irá fazer um retrospecto de sua carreira, focando em músicas próprias, remixes de seus sucessos e artistas que o influenciaram ao longo de mais de duas décadas.

No mesmo local, o americano Diplo vai se apresentar ao lado dos artistas africanos Mr Eazy, Distruction Boys e Kampire. Como se não bastasse, o projeto Despacio está de volta ao festival. Criado por James Murphy (LCD Soundsystem) em parceria com irmãos Stephen e David Dewaele (2manydjs/Soulwax), Despacio têm como objetivo proporcionar a experiência perfeita de um club, com um soundsystem de 50.000 watts criado especialmente para o projeto. Nos três dias de evento, o trio vai tocar long sets especiais em vinil, que prometem ser uma verdadeira jornada musical. Imperdível!

A parte noturna do evento acontece no Fira Gran Vía, que fica a cerca de três quilômetros do Fira Montjuïc. É lá que se apresentam os principais headliners do Sónar, como LCD Soundsystem, Gorillaz, Bonobo e Richie Hawtin com o seu projeto live CLOSE. Outros destaques são o b2b entre os diggers Jeremy Underground e Motorcity Drum Ensemble, long sets dos veteranos John Talabot e DJ Harvey, além de uma rara aparição solo de Thom Yorke.

Tecnologia e Criatividade

Desde a sua concepção, o Sónar possui uma forte ligação com a tecnologia e a indústria criativa em geral. Em sua primeira edição, o evento oferecia uma feira de discos e tecnologia, que apresentava os avanços da época e já antecipava a ligação profunda entre música e a revolução digital. Com o passar dos anos, a popularização da internet e as rápidas transformações tecnológicas dos anos 2000, a parte educativa do evento ganhou cada vez mais importância e virou um aclamado congresso internacional, que desde 2013 é chamado de Sónar+D.

Com uma programação que oferece painéis, workshops, espaços criativos, concursos destinados a start-ups e muito networking, o Sónar +D reuniu cerca de 5500 participantes de 64 países em sua última edição. Empresas como Spotify, Pandora, Bandcamp, Google, Pioneer e Ableton, além de instituições como Berklee College of Music e British Council enviam representantes ou possuem stands no evento, que conta com uma área inteiramente dedicada a iniciativas que exploram novos modelos de realidade virtual.

Outra importante característica criativa do Sónar é a sua estratégia de comunicação, com imagens e vídeos non-sense que geram muita repercussão. Como parte da celebração dos 25 anos do evento, a exposição interativa No Flyers No Poster, 25 years of Sónar Image vai exibir diversas peças icônicas de divulgação do festival no Centre d’Art Tecla Sala. Prepare-se para imagens surrealistas, irônicas e até a participação especial do ídolo argentino Diego Maradona, garoto-propaganda do Sónar 2002.

Em 2018, o Sónar já realizou edições menores em Reykjavik, capital da Islândia, Hong Kong e Istambul. Ao longo da história, o evento passou por 30 cidades, incluindo São Paulo, Buenos Aires, Londres e Tóquio. Que venham mais 25 anos!

A MÚSICA CONECTA.


Equipe de reação do portal Alataj, focada em levar conteúdo cultural ao público antenado na música eletrônica.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS