Logo na primeira arte da coluna, que você pode relembrar aqui, tivemos uma surpresa muito especial. Ida Engberg replicou em seu Instagram a versão nossa para obra American Gothic. Agora, voltamos ao século XIX para apresentar nossa versão da obra “Le Rencontre” do pintor francês Gustave Courbet.

Gustave Courber foi um autoditada. Nascido em uma família de camponeses abastados, teve apenas algumas aulas de desenho com seus professores locais e se baseou sempre nos grandes mestres do Louvre, em especial Hals e Velázquez. Ao se mudar para Paris, completou seus estudos no Atelier Suisse, pois era muito contra as instituições acadêmicas. A partir de 1844, começou a expor com frequência no Salon de Paris. Suas obras tinham grande influência do Realismo do século XVII e da pintira holandesa, francesa e espanhola.

Courbet também foi um pintor de mulheres. Sua obra “A Origem do Mundo” que mostra um corpo feminino nu, mostrando apenas as genitais é uma das mais famosas da história. Ele teve os últimos anos de sua vida perturbados pelas suas atitudes políticas. Depois da queda da Comuna, foi morar na Suíça, onde morreu em Dezembro de 1877.

"Le Rencontre" obra original.

Uma foto publicada por Alataj (@alataj) em

A obra “Le Rencontre” mostra um encontro de Camponeses do século XIX. Ela foi a escolhida para apresentar o duo andhim, pelo fato da dupla alemã está sempre em viagem (assim como os camponeses da imagem) por diversos países do mundo. Além disso, Tobias e Simon possuem uma identidade irreverente, fugindo dos padrões engessados de DJs e produtores ao redor do mundo. Nada mais justo do que essa homenagem durante a tour da dupla pelo Brasil, que passará por São Paulo (D-EDGE), Campinas (Raww x Room by Club 88) e Itajaí (Warung). Confira a arte abaixo.

Se você gostou e quer acompanhar em primeira mão as obras da Art in Action, siga o Alataj no Instagram. A música (e a arte) conecta as pessoas!