Case | O conceito de som Laguna

Case é a coluna do Alataj focada em gravadoras. 

Um conceito de som bem definido é um dos patrimônios mais importantes que uma gravadora pode construir ao longo dos anos. Esse processo pode levar um tempo diferente dependendo do selo em questão, mas geralmente ele é reconhecido como um ponto de virada na jornada do selo.

Grandes labels da comunidade nacional e internacional são reconhecidos pelo caráter de seus lançamentos, que não necessariamente pertencem a um mesmo estilo musical. A Defected, é um grande case de sucesso dentro dessa perspectiva, já que há praticamente três décadas lança house music com uma assinatura bastante original e própria. Kompakt, PAMPA, Moon Harbour e mais recentemente elrow também desenvolveram um bom trabalho com tal abordagem.

Aqui no Brasil também temos selos que pouco a pouco vão se fortalecendo nesse caminho. A gravadora curitibana Laguna Records, por exemplo, tem aprimorado seu perfil sonoro de lançamentos desde o seu primeiro release – vale lembrar que o label se originou de uma festa já consolidada na capital paranaense. Apesar do histórico conectado ao tech house, Rafael Bado e o staff da gravadora estão pensando na construção de um conceito de som muito além de um único gênero.

O “conceito Laguna” está sendo projetado em torno de atmosferas. Ou seja, não importa se o lançamento possui um perfil mais próximo ao tech house de pista, como no caso do EP My Science assinado por André Gazolla, ou uma linha mais minimal, como no último release do label assinado pelo argentino Brandub: há claramente uma preocupação em aproximar as pontas, mesmo quando a conversa diz respeito a lados extremos.

Paralelamente a isso, cabe a menção a preocupação do staff em dar mais vasão aos artistas do selo através dos eventos ligados a marca Laguna, que em breve serão praticamente 100% preenchidos por nomes que já passaram pela gravadora. O próximo capítulo dessa jornada acontece sexta-feira, 26 de outubro, quando Tomy Wahl, André Gazolla e Thariel tocam Club Inbox em Curitiba na festa preview dos 4 anos da marca. Acompanhemos de perto os próximos capítulos dessa história:

A MÚSICA CONECTA.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS