Case | Noise Music 20 anos

Por Marllon Gauche

Sobreviver aos desafios que aparecem ao longo de uma jornada empresarial não é uma tarefa fácil, muito menos no Brasil. Mas quando se tem determinação, paixão pelo que se faz e claro, uma boa pitada de experiência no ramo, as coisas tendem a dar muito certo. É o caso do Noise Music, selo brasileiro que está completando neste mês 20 anos de vida e muitos [leia-se muitos mesmo] lançamentos no decorrer de sua história.

Conheça mais Anderson Noise, ícone da música brasileira e nome por trás da gravadora.

Comandada por ninguém menos que Anderson Noise, artista com mais de 30 anos de carreira e uma das maiores referências da música eletrônica nacional, a gravadora surgiu em um momento em que a cena era um “culto” ao DJ, já que naquela época existiam poucos produtores e muitos diggers geniais. “Eu já namorava a ideia de ter um label fazia cerca de cinco anos. Estava cansado dos moldes tradicionais que aconteciam as festas e foi então que nasceu o projeto, buscando divulgar a música eletrônica nacional, assim como a Noise Music Tour, em 1999, que rodou várias capitais do Brasil”, relembrou o DJ.

Os primeiros lançamentos pela gravadora foram de Renato Cohen, sendo a faixa Pontapé o quarto release do selo e um dos mais poderosos até hoje. Em tour ao lado de Carl Cox, Noise fez o ícone britânico ver e ouvir o poder que a música possuía e, logo depois, Cox fez questão de relançar a faixa pela Intec Records, o que a fez explodir em todo planeta. “A amizade forte que eu e Cohen tínhamos foi o que fez nascer o Noise Music, sem ele o selo não existiria, agradeço muito por toda a ajuda. Acredito que esse seja o label brasileiro mais antigo de techno em exercício até hoje”, disse Anderson Noise.

Mesmo com algumas barreiras aparecendo no meio do caminho, como a transição do vinil para o MP3, Anderson nunca baixou a cabeça ou deixou de acreditar no sucesso do selo. “Essa foi uma época difícil, os vinis foram feitos até o lançamento de número 018 e essa mudança coincidiu com um momento em que o techno sofria uma baixa, isso ainda aconteceu junto com outros problemas pessoais e eu não soube lidar com aquele tsunami. Para mim foi um trauma”, contou Noise.

Com os obstáculos superados, hoje Paco Osuna, Jamie Anderson, Maxx Rossi, Ken Ishii, Victor Ruiz e Leo Janeiro são alguns nomes que fazem parte do roll de artistas do selo. O mineiro olha pra trás com orgulho e sente que deu os passos certos em prol do crescimento do gênero por aqui. “Tenho muito orgulho de ter contribuído na carreira de vários artistas, mas a conquista mais importante foi, sem dúvidas, os amigos e parcerias que ganhei ao longo de todos esses anos com a gravadora”, ele ainda revelou que um de seus sonhos é voltar com a distribuição de vinis e realizar novamente a Noise Music Tour.

Em comemoração aos 20 anos do label, Noise fez uma seleção com os melhores releases de toda a história da Noise Music. Para curtir essa seleção super especial, é só clicar, dar o play logo abaixo e se deixar levar pelas ondas sonoras do techno em uma viagem pelo tempo.

A música conecta.


Equipe de reação do portal Alataj, focada em levar conteúdo cultural ao público antenado na música eletrônica.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS