A gente cresce ouvindo aquela velha história de que cavalo encilhado não passa duas vezes. É assim na vida, no mundo dos negócios e na música também. Mas se vários artistas precisam de anos de preparação para conquistar um merecido espaço, outros agarram com todas as forças a primeira grande oportunidade que surge. O paulista Andre Torquato, membro do casting D AGENCY e parte do projeto Nomumbah, possui uma história diferente e inspiradora sobre sua primeira aparição como DJ, fruto de um atraso do grande Ale Reis. Confira o depoimento completo abaixo.

Com a palavra, Andre Torquato:

Minha estreia como DJ foi em 2005 e por puro acaso. Eu estava produzindo em São Paulo, na casa do Ale Reis, quando de repente o telefone toca. Atendi e era o Ale me dizendo o seguinte “Andre, faz um favor pra mim, abre a segunda gaveta aí… tá vendo uns CDs? Então, meu voo atrasou… pega esses discos e vai ali no Cafe de La Musique – o primeiro, no auge do hype da novidade – você vai ter que tocar la.” Eu respondi “O que? Como assim”, fiquei realmente muito surpreso com a situação. Então ele disse que eu já era DJ mas não sabia: “Vai lá e toca tudo o que você gostar que vai dar certo”. E assim foi. Fui. Toquei e foi tão legal que e eu nunca mais parei. Claro que facilitou o fato de ser a abertura da noite, tocando um som bem tranquilo, sem fone e sem grandes mixagens. Graças a ele, estou aqui tocando até quando eu puder. Feliz da vida!”

A música conecta as pessoas!