Minha Primeira Gig | Solarc

Do deep house ao techno, Solarc construiu uma reputação através de lançamentos de sucesso em labels como Crosstown Rebels, Toolroom, Glasgow Underground e VIVA Music. Ignorando uma tendência comum da nova safra de DJs e produtores, ele não procura limitar sua música a um gênero específico. Ao invés disso, passeia por diferentes abordagens com criatividade e competência.

Seu recente lançamento, Dark Wings, é mais um trabalho a confirmar tal tese. Na faixa-título, uma abordagem bem conectada ao dance floor guiada pelas batidas do techno. Já na segunda faixa do EP, Kissed By Fire, Solarc implementa uma levada mais comedida e o deep house aparece em foco. Seu catálogo forte e bem estruturado conta com remixes e colaborações de nomes interessantes, como Thomas Gandey, Darin Epsilon e Criss Source, além do brasileiro Morttagua.

A nosso convite, Carlos Miguel, seu nome de batismo, comentou com exclusividade como foi sua primeira experiência como DJ profissional. Confira abaixo:

Com a palavra, Solarc:

“A primeira gig a gente nunca esquece! No meu caso foi diferente aos meus colegas (eu acho) pois na época (1993/94) eu comprava muita musica mas só tocava em casa. Na época já frequentava um dos melhores clubs que existiam na America Latina (Space em Punta del Este e Deeper também no Uruguai), tinha relacionamento com os DJs residentes e também com o dono do clube. Foi uma noite que eles me convidaram para tocar (pra mim inesquecível, pois passei do estúdio da minha casa direto para o clube) e depois disso jamais parei. Logo comecei a tocar em algumas festas e rapidamente tive minha primeira residência no verão de 1995/96 no Cafe del Mar e Space em Punta del Este, anos depois me apresentei pela primeira vez como Southmen em Porto Alegre, foi uma festa do Ibiza, eu lembro.

Minha primeira gig com Solarc foi em 2015 (foi uma gig dupla. Pela madrugada toquei na festa de aniversário do Fabrik em Madrid na Espanha (lembro que foi uma noite incrível junto a Steve Lawler, Yousef, Apollonia e Andrea Oliva como headliners) e no mesmo dia, a tarde, viajei para tocar no Blue Marlin em Ibiza, numa festa do Cipriani/24K.”

A MÚSICA CONECTA.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS