Londrina, cidade sede da Culture, passava por uma era negra da música eletrônica, pois apesar de ter público e DJs de qualidade, haviam leis que proibiam eventos eletrônicos. Com muito esforço e sem nenhum apoio externo, os sócios planejaram e realizaram a London Club, que foi um marco na cidade e serviu de incentivo para o surgimento de novos núcleos e empresas focadas nesse segmento.
As duas primeiras edições foram na Casa do Criador, local com muito requinte, localizado na Sociedade Rural do Paraná. O local nunca tinha recebido nenhum evento do estilo e isso chamou bastante atenção da mídia, o que gerou bom retorno de mídia espontânea. Além disso, na primeira London trouxemos a técnica de Video Mapping, inédito na cidade e que depois se tornou marca registrada de nossas festas.

Prezando por novidades, nas edições da London Club a crew sempre apostou em artistas com grande qualidade, mas que no momento não eram tão conhecidos pelo público. A primeira apresentação solo de Vitor Munhoz foi na festa, a segunda apresentação do Dashdot foi em uma London, Fabø já era conhecido pelo Rolldabeetz, mas sua carreira solo estava apenas começando quando ele tocou no projeto.

A missão da Culture vai além do entretenimento. A equipe acredita que a música eletrônica é uma linguagem universal e pode ser usada para gerar o bem. Já realizaram cursos em parceria com as maiores escolas de DJs do país, TODOS gratuitos, para que além de capacitar os profissionais da cultura eletrônica, possam servir para desmistificar o que fazemos para o público em geral.

O destaque para área educacional fica com a CON.C.E.P.T. (Conferencia de Cultura Eletrônica, Produção e Tecnologia) feito em parceria com a Yellow Dj Academy. O evento teve 3 dias de duração, dezenas de palestras, além de exposições e demonstrações de equipamentos.

Também realizamos palestras gratuitas na rede pública de ensino, para que jovens tenham contato com a arte e quem sabe um dia, se tornem profissionais atuantes no mercado.

.A festa do dia 29 de agosto será a última por hora, pode ser um ponto final ou apenas uma virgula, fato é que eles estão preparando algo especial para a data. Local inédito e do mesmo nível das outras edições, line-up com artistas já consolidados e outros em grande ascensão mesclados aos heróis locais. Após isso uma nova fase se inicia, com foco no agenciamento de artistas e na gravadora culturemusic.