Por Bernardo Ziembik

Sou um verdadeiro apaixonado por techno, sim. Mas, se existe uma paixão atual em desenvolvimento, é pela nova safra de artistas de house/minimal francês. O álbum de Traumer pela Desolat foi um momento ímpar na minha pesquisa e sua apresentação no Tribaltech em 2014 me transformou em um fã de carteirinha. Desde então,s tento viabilizar a sua vinda ao Brasil, porém, por detalhes, ainda não foi possível.

Graças a ele tive a possibilidade de conhecer muitos outros artistas vindo desse belo país, a França. País esse que parecia ter estagnado no cenário eletrônico e nos últimos anos parece ter reavivado para o Globo. Em toda essa turma podemos ver uma característica muito importante: os caras não são só ótimos produtores, mas também ótimos DJs. Ano passado, tive o imenso prazer de ver Lowris tocar, um nome pouco conhecido para mim e que entregou um dos melhores sets do ano. Mandar, um trio formado por S.A.M, Lazare Hoche e Malin Genie, não só é um dos grandes destaques entre os live acts franceses, mas também formado por artistas que são excelentes em suas carreiras solo. Os já reconhecidos Apollonia, Miss Kitin, Rodriguez Jr, Agoria e Cabanne se unem ao talento de Okain, Djebali, Varhat, Janeret, Phil Weeks e muito outros nomes. Dentre todos esses, decidi evidenciar dois, um de techno e outro de minimal, que se apresentarão esse final de semana aqui no sul do Brasil. 

Na vanguarda do techno francês, Antigone trará ao Brasil seu som intenso e provocativo, resultado de uma década colecionando vinis, produções marcantes e apresentações consagradas. Ele conquistou o gosto da atual cena europeia com seu EP de estreia na Concrete Music, que o levou ao palco de grandes clubes do continente como Fuse, Trouw, Tresor e Berghain. Hoje ele estará na festa do detroitbr, no Club Vibe e amanhã na tradicional noite Mothership do D-EDGE.

Antigamente reconhecido como Ludovic Vendi, o agora e apenas Vendi pode ser considerado um dos artistas mais talentosos artistas em ascensão de sua geração. Músico autodidata desde a infância, começou a compor música eletrônica em 2005. Com lançamentos em labels expressivas como BodyParts recordsSLEEP IS COMMERCIAL e Inwave Imprint atualmente é boss da Blacksketch Records, label de Berlim que lança exclusivamente no formato de vinil, projeto ao qual ele vem trabalhado há muito tempo e tem tudo para ser um grande sucesso. Amanhã ele estará na festa de lançamento da Micro. em Itajaí.

Vale lembrar que Julian Jeweil tocará no El Fortin Sábado e nós já falamos sobre o artista por aqui essa semana. 

E aí, quem mais podemos esperar por aqui nos próximos meses? Deixe nos comentários suas apostas! 🙂

A música conecta as pessoas!