Uma semana cortada pelo feriado, faz com que muita gente tenha que trabalhar 5 dias em 4 – ou 7 em 4 em alguns casos. Acompanhar um amontoado de grandes lançamentos torna-se uma tarefa difícil e, infelizmente, não conseguimos compilar tudo o que gostaríamos por aqui – falta espaço e um bocado de tempo. Abaixo, você encontra um pouco do que rolou de melhor essa semana nas plataformas digitais. Turn up the volume:

John Monkman – Harmonix // 8,0

Após o sucesso de EPOCH, John Monkman estreia na Crostown Rebels com o EP Harmonix. Duas faixas originais e um remix pra lá de pisteiro do techno man MATRiXMANN. Destaque fica para HARMONIX1, faixa que dá o start no EP.

Route 94 – House & Pressure // 8,5

O novo release da Hot Creations dá um passo atrás em direção a origem true house do selo, que se perdeu um pouco com o tempo rumo a sons voltados a pressão de pista. Quem assina é o britânico Route 94, um apaixonado por produção musical que monta seus próprios beats desde quando tinha 13 anos. Destaque para Dark Keyless.

Klankvol – Feel // 9,0

O duo brasileiro formado por Marcio S e Cyro Neto lançou essa semana o primeiro, de uma série de EPs que devem sair ao longo dos próximos meses. Feel traz duas faixas originais inteligentes e bem pensadas que ganham peso com os remixes de Ney Faustini e Andre Butano & Javi Green.

Nick Höppner – Work // 9,5

Quem pensa que os alemães da Ostgut Ton vivem apenas de techno muito se engana. Em seu novo álbum, lançado essa semana na plataforma do Beatport, Nick Höppner apresenta uma originalidade admirável ao longo de 9 faixas que passeiam entre o deep house, house, tech house e electronica, sempre com um pezinho no experimentalismo. Destaque para a belíssima Forced Ressonance.

Christian Nielsen, Locked Groove – Speicher 96 // 8,5

Dois artistas dividem o recente lançamento da Speicher, série de releases da Kompakt que já recebeu brasileiros como Gui Boratto e Renato Ratier e agora chega a sua edição 96. Christian Nielsen e Locked Groove colaboram, cada um com uma faixa, para o EP. Enquanto Hard Times (Christian Nielsen) é uma faixa construída em cima de uma boa ambiência e pressão de pista, Dawn (Locked Groove) vai por um caminho mais quebrado e abstrato.

A música conecta as pessoas!