2016 se apresenta como um ano promissor para a gravadora brasileira Nin92wo. Dirigida pelo DJ e produtor Alex Justino, a label promete trabalhar com uma filosofia de equipe, pouco utilizada aqui no Brasil. Uma das grandes apostas deste primeiro semestre é Monobloq, produtor paulista que caminha para o seu quinto release na Nin92wo. O EP Maravalhas é enxuto, mas de grande qualidade artística. Apenas duas faixas compõe o trabalho, uma original e um remix, assinado por Alex.

Abaixo você confere em primeira mão, em premiere exclusiva, a faixa original, além de um depoimento de seu criador sobre o processo de produção e influências. A música conecta as pessoas!

Com a palavra, Monobloq:

A ideia de Maravalhas foi simples. Todos os componentes (baterias, percussões e efeitos) foram construídos a partir da melodia principal para manter a faixa em um aspecto mais introspectivo e atmosférico. Busquei dar movimento à melodia principal modulando de diversas formas com diferentes ferramentas para dar vida, como se houvesse um mecanismo gerando “maravalhas” (que significa, a modo comum, raspas de madeiras). Busquei trazer um conceito experimental, melódico e hipnótico que ainda assim fosse dançante, e as pistas tem entendido muito bem a ideia. Mas, se pedirem para que eu o classifique, apenas direi que é Monobloq [risos]. As influências que me inspiram em minhas músicas são Stephan Bodzin, Extrawelt, Marc Romboy, Tale Of Us, Thomas Schumacher, Eskmo e Tycho.