READING

10 Bombas para a pista com menos de 120 BPM

10 Bombas para a pista com menos de 120 BPM

Pode-se dizer que a pista de dança é um dos lugares mais democráticos para se estar. Ali todos dançam, beijam, gargalham, pulam, choram, abraçam, se divertem, se expressam e vivem uma miscelânea de sentimentos, cada um à sua maneira, no seu tempo, mas sempre em sintonia com a história musical construída faixa a faixa pelo artista, capaz de conduzir o público a momentos de grande introspecção, mas também de extrema explosão.

E é sobre esses momentos musicais marcantes que estamos falando. Geralmente pensamos no êxtase da pista quando ela está no seu ápice e as batidas já estão mais aceleradas, mas sabe aquela track que, mesmo mais lenta, se destaca e cria uma atmosfera diferenciada? Pois é. Ela pode ser tocada em qualquer momento e trazer um grande impacto em um set. Nós separamos 10 faixas — eram cinco, mas não nos contivemos — que acreditamos serem verdadeiras bombas para a pista, com menos de 120 BPM.

+++ David Mayer seleciona 5 lindas faixas para curtir no deserto

PS: aumente o som, vale a pena.

Crotalus – Alex Justino, Monobloq (Shake Sofa Remix)

Já de cara homenageando nosso time de brasileiros, Crotalus tem uma atmosfera mais carregada, que contrapõe perfeitamente com as batidas mais lentas.

Club DZ – Acid Arab (Original Mix)

O duo Francês Acid Arab mistura sonoridades orientais com elementos ácidos e cai muito bem na hora de dar uma esquentada na pista de dança.

Justin Martin – Rabbit Hole Ft. Charlotte OC.

A combinação da melodia mais obscura com graves fortes e vocal marcante faz você até esquecer que ela tem menos de 120 BPM.

 Mano Le Tough – Return to Yoz (Original Mix)

Mano sabe bem a fórmula para criar tracks impactantes sem pisar no acelerador e essa faixa, que integra o EP Tempus, é apenas uma prova disso.

Sascha Funke – Surumu

Uma das tracks com grande destaque em 2018, Surumu é aquele acid na medida que explode a pista.

Minor Science – Volumes

Com uma construção descompassada e uma linha de grave volumosa, a faixa dá jus ao nome e está pronta para surpreender qualquer ouvinte.

Gameboyz – Calor del Foco

Uma junção improvável e que deu super certo. Calor del Foco une traços de disco, vocal latino numa pegada mais séria capaz de colocar a pista toda para dançar.

Vitalic – Waiting for the Stars ft. Davis Shaw and The Beat

Mais uma vez elementos ácidos se sobressaindo nas nossas indicações, a faixa traz uma melodia nostálgica e um vocal marcante. Ótima pedida para um momento mais emotivo.

O’Flynn – Sunspears

Um house também sempre cai bem né? O’Flynn acertou nesta junção entre a percussão marcante, mas com uma energia suave e alegre.

Divisions – Dj Tennis (Roman Flügel Remix)

A gente termina com uma colaboração de dois grandes mestres da música. Divisions é o tipo de faixa que dispensa grandes comentários e é capaz de fazer um momento inesquecível dentro de um set.

A música conecta.


RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS