READING

Os 5 principais selos de house do Brasil

Os 5 principais selos de house do Brasil

A house music é um estilo musical criado em Chicago e difundido nas pistas do mundo todo. Entretanto, uma análise rápida das bases históricas deste movimento nos levam a crer que facilmente ele poderia ter surgido em terras brasileiras – sim! Aqui temos energia, alegria, resistência e emoção como características intrínsecas do nosso DNA. Advinha onde mais podemos encontra tudo isso? Se você respondeu house music, acertou.

O gênero está presente nas pistas dos nossos clubs e cases dos nossos DJs desde a década de 90. Nos primeiros 10 anos do século XXI, o movimento ganhou força em diferentes partes do país e viu alguns de seus primos, como tech house e o progressive house, se desenvolverem de forma intensa por aqui também. Assim como quase todo movimento musical, o house passou por momentos de maior e menor inserção em nossa cena e o atual cenário é bastante promissor, principalmente se analisarmos a qualidade de novos artistas e iniciativas trabalhando com esse movimento.

Crescemos, nos consolidamos e até mesmo importamos talentos, como o duo Anhanguera, referência internacional dentro do jackin house e a dupla/festa Selvagem, que em meio a um caldeirão de estilos e referências, também bebeu direto da fonte do house para construção de seu perfil sonoro. Entretanto, carecemos de um trabalho mais consistente na parte de gravadoras (como acontece com o techno, por exemplo) e com a exceção de alguns players importantes da indústria, pouco se fez nessa esfera de trabalho. Neste conteúdo especial, selecionamos aqui os 5 principais labels de house music do país. Confira:

294 Records

Lucas Rezende é a mente por trás da 294 Records, gravadora brasileira que tem um foco e viés bem funky groove. Ao todo, já são mais de 100 releases assinados por nomes do calibre de Demuir, Anhanguera, Joey Chicago e Le Babar.

Allnite Music

Gravadora com lançamentos apenas em vinil do DJ e produtor gaúcho Apoena, referência máxima da indústria brasileira ligada a cultura do vinil. A página da Juno Records da gravadora já conta com 7 discos prensados, quase todos com sold out e sucesso de crítica.

Gop Tun

Gravadora da festa/coletivo paulistano Gop Tun que entre releases em vinil e digitais, já contabiliza 8 títulos. O catálogo é vasto e não se resume apenas ao house. Alguns nomes emblemáticos como Prins Thomas, Jacques Renault e HNNY já lançaram pelo label, que ainda conta com releases de talentos nacionais como Renato Cohen, Repetentes 2008 e TYV.

Paunchy Cat Records

Mais focada no deep house, a Paunchy Cat Records pode ser considerado um dos selos mais tradicionais da eletrônica nacional. Comandada pelo experiente Mauricio Um, o label conta com releases de nomes como Max Underson, Ossaim, Solemn, Apoena e Click Box. Fundada em 2011, a gravadora já lançou quase 60 releases, marca bastante expressiva.

Radiola Records

Gravadora, festa, coletivo de DJs e espaço criativo. A amplitude do trabalho da Radiola Records deixa claro o quanto a marca representa para a cena de Curitiba e de todo o Brasil. Na linha de frente, Ricardo Albuquerque, residente do Warung e um dos principais DJs de house e tech house do país. Entre os principais nomes da gravadora figuram Tomy Wahl, Drunky Daniels, Jamie Trench e Who Else.

A MÚSICA CONECTA.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS