READING

5 artistas não tão conhecidos que valem o rolê no ...

5 artistas não tão conhecidos que valem o rolê no Dekmantel São Paulo

Essa semana mais uma vez o Dekmantel esteve no centro das atenções. Os early tickets do festival que acontece pela primeira vez em São Paulo se esgotaram em menos de 2 minutos e em pouquissímos dias mais de 75% os ingressos regulares já foram vendidos. Entre nomes já conhecidos dos brasileiros como Nicolas Jaar, Nina Kravitz, Tom Trago e Jeff Mills, há também artistas novos desembarcando por aqui. Selecionamos 5 nomes não tão conhecidos que com certeza valem o rolê até Sampa. A música conecta as pessoas! 

Hunee

Hunee possui a versatilidade estampada em seus DJ sets. Grande amante da cultura do vinil, ele possui uma paixão declarada por diversos estilos musicais. No Dekmantel, house e techno devem se fundir a estilos diferentes do que estamos acostumados. Ouça a participação de Hunee no Dekmantel em 2015 para entender um pouco do que vem por aí

Awesome Tapes From Africa

Brian Shimkovitz é o nome por trás de Awesome Tapes From Africa. As referências provenientes do continente africano estão presentes muito além de seu nome. O projeto começou como um blog e se tornou em um selo, onde Brian pode explorar diferentes facetas dessa cultura musical tão rica. Prepare-se para uma mistura rica e provavelmente diferente de tudo o que você já presenciou na pista

Kornél Kovács

Aqui no Alataj já citamos o nome de Kornél anteriormente. Ao lado de Axel Boman e Petter Nordkvist, ele comanda o aclamado selo Studio Barnhus. Sua principal característica como Dj é a habilidade de mesclar house e techno de uma maneira interessante e forte para a pista

Selvagem

O Brasil está bem representado no Dekmantel através de artistas como Millos Kaiser e Trepanado, mais conhecidos como Selvagem. Os sets do duo são repletos de faixas garimpadas em lojas de discos, fato que dá aos brasileiros, a chance de entregar sets ricos em qualidade e altamente cosmopolitas

Young Marco

Mais um artista conhecido por sua versatilidade nos decks. Não espere de Marco um set entediante. Sua pesquisa musical extremamente avançada garante uma mistura irreverente de boogie caribenho com funk de Chicago. No final, tudo se encaixa de uma maneira surpreendente.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS