A união perfeita do Techno e o Chicago House, resultou no artista que Hector Couto é hoje, um Tech House forte, perfeito para pista e que claro, está ganhando os clubs e festivais do mundo todo. Prova disso, a apresentação super comentada do espanhol na edição brasileira do Creamfields, que aconteceu em Janeiro desse ano em Floripa. Como todo bom produtor, Hector é uma mistura de influências, são elas que tem transformado o trabalho do produtor espanhol em um artista especializado a levar emoção por onde passa. Some elas a um cara dedicado, que utiliza bem seus recursos de produção no estúdio e por isso levou suas produções as maiores labels do gênero.

Hector Couto chega a Troally através de uma parceria com a IIIB4 bookings, que futuramente trará Cuartero para o nosso podcast. Aproveite a vontade entrevista e podcast com a fera espanhola do House.

1 – Olá, Hector, estamos muito felizes com sua entrevista. Para começar, conte um pouquinho para gente quais artistas e outros fatores o influenciaram para chegar no que você é hoje.

Oi pessoal, eu sou Hector um cara normal, que está fazendo e reprodução de música ao redor do mundo, eu comecei a ser um DJ há cerca de sete anos atrás, e fui influenciado por artistas como Steve Lawler, Todd Terry, Weeks Phil, DJ Sneak e muitos outros. Eu trabalhei muito duro para se tornar o artista que sou hoje e esta determinação me ajudou a crescer, hoje eu estou muito feliz com o pessoa que eu sou e aproveito cada minuto com a minha carreira musical.

2 – Em qual tipo de palco você se sente mais a vontade para jogar, grandes festivais ou clubs mais intimistas?

Em ambos eu me sinto bem.

3 – Recentemente você esteve no Brasil para a Creamfields em Floripa. Como foi essa experiência?

Absolutamente incrível, as pessoas são tão agradáveis comigo no Brasil que e eu realmente aproveitei o meu set na Creamfields. O Brasil tem um público grande que gosta de música eletrônica e espero poder voltar em breve <3

4 – O que não pode faltar no seu estúdio, na hora da produção?

Meu cachorrinho 🙂

5 – Para encerrar, gostaria que você falasse um pouco mais sobre os seus principais planos e metas para 2015. Parcerias, tours, lançamentos…

Na verdade, este ano eu comecei a fazer muitos shows, no próximo dia 06 de fevereiro eu vou tocar ao vivo na DJ MAG em Londres, também toco com a família Amnesia no mesmo dia em EGG. Os próximos lançamentos também estão muito bons, eu tenho uma nova collab com Sandy Rivera na label Play it Down, e também na Get Physical, 2020 Vision, Moon Harbour, Roush e um novo EP na Defected Records. Eu estou realmente feliz com isso e me dá mais energia para continuar trabalhando duro.