+++ Inscreva-se em nossa newsletter

Por muito tempo os grandes nomes da house music foram figuras ligadas diretamente com os primórdios da música eletrônica de cidades como Chicago, Nova York, Detroit e Paris. Com a globalização do gênero e o crescimento sem freio da internet, já era de se imaginar que as batidas 4×4 que colocaram toda uma legião de ravers para dançar no século passado fossem dar origem a uma nova geração de artistas.

O time que comanda o estilo atualmente tem um “retrato falado” um pouco diferente do século passado e muito disso por conta da invasão de países como Irlanda, Suécia e Dinamarca, em paralelo com polos tradicionais como Reino Unido e Estados Unidos. Em resumo, a house music segue carregando – e sempre carregará – o groove e a originalidade da black music, mas agora com uma atmosfera mais conectada com a tecnologia e o toque europeu em alguns casos.

Traços e batidas do house old school estão se juntando com a abordagem tecnológica oferecida principalmente por jovens entusiastas por novas formas de produção musical e dando origem ao chamado lo-fi house ou letfield house dentro do Beatport. Produtores de talento inseridos nesse estilo não faltam, mas destaca-se a identidade sonora de artistas como Mall Grab, Harrison BDP e Baltra.

O último deles é americano, original de Nova York e um dos caras chaves desse momento. Michael Baltra não tem na discografia lançamentos em super gravadoras, mas possui a consistência necessária para produtores que desejam conquistar sucesso a longo prazo. Juntas, suas faixas já batem a marca dos dois milhões de views no YouTube.

Seu estilo é um dos pontos fortes de sua música, já que flerta com as bases da house music como conhecemos, mas introduz um ar novo ao colocar referências de jazz e soul, além de claro um toque extra de minimalismo. Fade Away, Never Let Go Of Me e Tears Drop são boas amostras de sua personalidade enquanto produtor musical e comprovam que seu som possui, além de um ar inovador, bastante potencial de pista.

Então, já sabe, se você é um DJ preocupado em entregar algo novo e atento em relação aos caminhos que a cena deve tomar nos próximos anos, fique de olho nesse nome: Michael Baltra. Ele tem tudo e mais um pouco para seguir forte em seu caminho evolutivo, contribuindo para moldar em definitivo a cara dessa nova geração que estão sendo tão comentada.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e close-up

A música conecta as pessoas!