Editorial

O legado do Artist Union para o cenário de artistas independentes

Se você é DJ e/ou produtor musical, ou até mesmo um colecionador de músicas, é bem provável que você tenha tido contato ao menos uma vez com a plataforma Artist Union. Seja para aumentar o engajamento da sua faixa, para baixar gratuitamente uma música de um artista, ou até mesmo para conhecer outros tantos produtores. A Artist Union, durante seus cinco anos de atividade, estabeleceu-se como uma grande e importante comunidade artística facilitando a difusão de trabalhos de artistas independentes, e agindo como uma ponte para que novos produtores expandissem sua base de fãs de forma orgânica. 

Neste editorial, vamos contextualizar um pouco mais sobre o legado por trás dessa plataforma que foi um dos principais gates do Soundcloud, e que cumpriu um importante papel para artistas independentes que não conseguiram galgar o catálogo das grandes gravadoras. Também vamos procurar entender os motivos que levaram ao súbito encerramento de suas atividades, em agosto desde ano, deixando milhares usuários órfãos de seu suporte e sua base de dados. 

Sabemos como é difícil o começo da carreira para os inúmeros Djs e produtores musicais que surgem todos os dias nos mais diversos cantos do mundo. A maioria dos artistas não possuem aquele suporte necessário para subir alguns degraus imprescindíveis para seu desenvolvimento profissional, mesmo que munidos de  grande talento e criatividade. Assinar um trabalho com uma gravadora, muitas vezes não é tão simples quanto parece, e em alguns casos a indústria fonográfica requer algo que um artista iniciante ainda não possui: popularidade.

É exatamente neste contexto que entra o papel de uma plataforma que objetiva aumentar o engajamento orgânico dos trabalhos de um artista. Através do Soundcloud, alguns mecanismos externos e ao mesmo tempo vinculados ao portal, auxiliam no processo de expansão da audiência e popularidade dos trabalhos dos usuários. Os gates – como são conhecidos essas ferramentas – são portas alternativas para o download e compartilhamento de músicas, e que conjuntamente criam uma espécie de loop viral amarrando o download gratuito  e a promoção simultaneamente.

Através desse mecanismo, o Artist Union oferecia uma ferramenta de distribuição via Free Download, permitindo a expansão da base de fãs para novos artistas, com mecanismos de envolvimento orgânico, como comentários, reposts e novos followers. Criado em 2015 por Justin Kan – co-fundador do Twich Tv e Justin.Tv – e pelo músico e empreendedor digital Rani Du, o Artist Union veio com o objetivo de se estabelecer como um site de hospedagem de música onde os artistas pudessem se cadastrar e enviar livremente seus trabalhos, permitindo que os usuários fizessem o download através de um simples login no SoundCloud, e em troca, de seguir a conta do artista, e postar um comentário.

Assim, milhares de usuários logo começaram a aderir à plataforma. Fosse através de tracks originais, remix, bootlegs e edits (o formato mais encontrado no Artist Union), os pequenos e até mesmo grandes artistas passaram a ter sua base de fãs e audiência em constante expansão. Muitas faixas obtinham milhares de repostagens, comentários e curtidas orgânicas, abrindo os caminhos de artistas que trabalhavam de forma independente. A plataforma passou a contar com milhões de seguidores, além de expandir sua abrangência de engajamento também para o Spotify, e oferecer a alternativa de um plano PRO, onde o artista tinha ainda um maior resultado de distribuição de seus trabalhos.

Porém, no final de julho de 2020, os inscritos na plataforma receberam um e-mail de aviso de encerramento das atividades do Artist Union. Sem muitas explicações, a plataforma descontinuou seus serviços logo no dia 01 de agosto, sem mostrar razões significativas para tal, ou respostas mais aprazíveis que fizessem seus usuários entender seu fim. É fato que durante os últimos meses a plataforma se encontrava em constante instabilidade, prejudicando as ações básicas que viabilizavam o processo de seu objetivo. No entanto, milhares de artistas ainda contavam com o suporte de suas faixas que constavam no banco de dados do Artist Union. Já outros reclamavam da falta de repasse, por parte da plataforma, de doações arrecadas entre membros da comunidade. Artistas como o Dj/ produtor alemão Alkalino, manifestavam suas indignações nas redes socias da plataforma, reivindicando o pagamento de suas arrecadações. No entanto, também não obtinham respostas.

Após o encerramento, todos os links para free download das faixas hosteadas pelo Artist Union ficaram sem correspondência. Da mesma forma, as subscrições de seguidores dos artistas da comunidade, que continham dados de e-mail desses followers, também foram perdidos, prejudicando o contato dos artistas com sua base fãs. Meses após o shut down, ainda permanece o mistério acerca do encerramento da plataforma, bem como do paradeiro do arquivo de seus dados.   

Com sorte, os artistas independentes ainda dispõem de outras plataformas alternativas que cumprem um papel semelhante ao do Artist Union.O Hypeddit, que na época se consolidava como um grande concorrente da extinta plataforma, hoje opera como um importante gate do Soundcloud, permitindo aos usuários a promoção de suas faixas, além da possibilidade de submetê-las em  blogs, listas de reprodução, gravadoras e outros influenciadores. 

A música conecta.

Compartilhe