So What The Fuss Music é o novo label da lenda Stevie Wonder

É até difícil de se começar uma nota falando sobre Stevie Wonder, sem dúvidas ele é um dos grandes gênios por trás da Pop Music. Stevie segue na ativa como músico profissional desde seus primeiros anos de vida. Pode parecer mentira, mas Stevie teve seu primeiro contrato aos onze anos de idade com ninguém menos que a Motown, gravadora responsável por impulsionar artistas como Marvin Gaye, The Jacksons Five, Rick James e tantos outros nomes. Stevie também é compositor, arranjador, multi instrumentista e venceu 25 vezes o Grammy Awards nas mais diversas categorias, além de trabalhar diretamente escrevendo letras ou tocando seus instrumentos para artistas como Snoop Dogg, Jay-Z e George Michael -para citar uma ínfima parte. 

Após um casamento de 59 anos com a Motown, Stevie decidiu que era hora de dar um novo passo e em parceira com a Universal Music Group – UMG, criou a So What The Fuss, gravadora que tem como foco mesclar o Hip Hop com as mais diversas sonoridades que Stevie está acostumado a desenvolver. O nome So What The Fuss veio da faixa homônima que se encontra no vigésimo terceiro álbum do artista, A Time to Love. 

Na última terça-feira (13) a So What The Fuss nos mostrou seus primeiros trabalhos através de dois singles, Can’t Put It In The Hands Of Fate, um upbeat de forte energia e que conta com as participações de Rapsody, Cordae, Chika e Busta Rhymes. Where Is Our Love Song, música feita com Gary Clark Jr., segue uma linha mais tradicional a qual estamos acostumados a ouvir de Wonder. Segundo nota de lançamento, toda a arrecadação gerada pela So What The Fuss será revertida para causas humanitárias, sendo a primeira delas a Feeding America, responsável por ajudar pessoas em estado de pobreza extrema nos Estados Unidos. 

A música conecta.