Notícias

Um novo sistema de ventilação pode tornar clubs seguros para COVID-19

Em uma postagem via Instagram na semana passada, o 100 Club, localizado na zona central da capital britânica, informou que a partir de Janeiro passará a usar um sistema de ventilação capaz de matar 99,9% de patógenos que tem como o ar sua forma de transmissão. O sistema foi batizado de PRS – Pathogen Reduction System – e utiliza uma engenharia muito parecida com as das estações de tratamento de água das grandes metrópoles. O sistema foi desenvolvido por pesquisadores, cientistas e engenheiros que atestam a eficácia do PRS em até 99.99% de patógenos como SARS, MRSA e outros vírus que conduzem a outros tipos de gripes.   

Em uma reportagem para a mídia especializada local, Jeff Horton, dono do 100 Club disse: “Esta é uma oportunidade de liderar o caminho para conseguir que locais de música popular e toda a indústria da hospitalidade sejam abertos novamente após as terríveis consequências do COVID-19”.

O teste do sistema PRS é apoiado pela Music Venue Trust, movimento britânico que tenta amenizar os prejuízos das casas noturnas durante essa pandemia. O CEO da MVT, Mark Davyd, disse durante um comunicado à imprensa que o governo do Reino Unido deve trabalhar com a indústria de música para fornecer um modelo homologado e que respeite todos os padrões de segurança e com o menor risco de infecção possível para criar um setor economicamente viável.

A música conecta.