As apostas de DBeat no Indie Dance para os próximos meses

As pistas estão paradas, mas os artistas ainda continuam muito antenados no que tem acontecido de mais interessante na cena eletrônica e uma das tendências é o crescimento e popularização do Indie Dance. Tem sido cada vez mais comum ouvirmos sets com a presença desse estilo e suas variáveis — como Italo Disco e Space/Dark Disco.

Novos produtores também têm surgido apostando nessa linha sonora que traz uma forte presença de sintetizadores com uma estética oitentista – o Korg M-1 é bastante utilizado para isso -, além de pianos e strings em muitas das faixas, trazendo sonoridades do Jazz. Uma grande referência da atualidade é a faixa Starry Night da coreana Peggy Gou, além de produções de projetos como WhoMadeWho, Tunnelvisions e nomes como Johannes Albert e Krystal Klear.

Por aqui, um artista que temos um bom relacionamento e tem aprofundado sua pesquisa musical nesse estilo é DBeat, DJ muito reconhecido principalmente no Sul do Brasil. Ele tem acompanhado de perto as mudanças e promessas que a cena vem apresentando dentro do Indie Dance, então o convidamos para selecionar cinco artistas em que ele aposta nos próximos meses:

DBeat

Moscoman – Eyes Wide Shut (Tunnelvisions Remix)

Já faz algum tempo que eu venho curtindo as produções do Moscoman e nos últimos dias fui surpreendido com esse remix do duo Tunnelvisions, que é um dos nomes mais interessantes que surgiram no final do ano passado, sem dúvidas. Acredito que os dois ainda podem surpreender muito esse ano.

WhoMadeWho, Adana Twins – Immersion (Original Mix)

Eu já esperava que a collab entre WhoMadeWho e Adana Twins daria muito certo, mas não dessa forma. Immersion é uma bomba legítima dosando perfeitamente sentimento e energia. Se o grupo mantiver a sequência de lançamentos, teremos muitas coisas boas ainda esse ano. E, como se sabe, a cada release deles, uma ótima surpresa.

Benjamin Fröhlich – Tivoli (Johannes Albert Extendend Remix)

O alemão Johannes Albert é uma das minhas apostas para 2020. Nos últimos meses tenho acompanhado de perto as suas produções e de fato virei fã. Musicalidade e faixas que vão do House ao Acid ou até mesmo Italo Disco tem colocado ele nos holofotes, merecidamente!

Musumeci – The Frog

O italiano apareceu no meu radar no meio de 2019 com a música The Frog e de lá pra cá tenho escutado praticamente tudo o que sai dele, dificilmente não gosto de alguma música. No começo do ano a sua faixa Pawn Storm foi incluída na famosa compilação Secret Weapons, da Innervisions, e em Maio o seu remix para o clássico dos anos 80, Cruel Summer, saiu pela Permanent Vacation, uma das gravadoras que eu mais gosto. Fiquem de ouvidos bem abertos para esse cara!

Cinthie – No One Can Take You from Me (Original Mix)

Pra fechar essa lista, Cinthie é uma das mulheres que mais tem surpreendido nos últimos tempos com suas produções e eu não poderia deixar de citá-la. O seu debut álbum já está em pré venda e a faixa No One Can Take You from Me é, pra mim, um dos grandes lançamentos de 2020. Essa mina é demais!

A música conecta.