READING

Fala Filhão | Pois bem, chegamos a mais um final d...

Fala Filhão | Pois bem, chegamos a mais um final de ano. Que ano!

Podemos dizer que 2018 foi um ano surpreendente. Tivemos uma diversidade musical que foi constatada nas festas de norte a sul do pais, novos DJs, produtores, clubs e festas que fizeram muitas pistas de dança felizes. Do house ao techno, podemos perceber que tem espaço para todos, isso é uma das conquistas da música eletrônica e que nunca podemos esquecer – seja lá qual for o momento. Um capitulo especial das “minas” que estão de vez no rolé e fazendo bonito com um toque especial – particularmente adorei ver muitas delas tocando.

A imagem pode conter: 1 pessoa, tocando um instrumento musical, noite e área interna

Nas minhas andanças, pude conhecer novos lugares, fazer novos amigos e entender um pouco deste momento único que esta acontecendo no Brasil. Apesar de sabermos que não é fácil empreender no nightlife, vários núcleos estão nascendo da necessidade de ter o seu som reconhecido e criar seu próprio publico. Isso foi uma das coisas mas bacanas que puder sentir por ai, muita gente afim de meter a mão na massa e trabalhar em prol do que acredita.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

No campo da produção musical, cada vez mais o produtor made in brazil ganhando espaço no mundo e mostrando porque estamos cada vez mais fazendo musica boa para a pixxxta de dança. Vale a pena fazer uma ressalva pois vivemos um momento de transformação na maneira que se promove e consome música. Sigo aprendendo no meio de tanta informação. Seguimos para 2019 confiantes que podemos fazer sempre melhor!

A MÚSICA CONECTA. 

Foto 1: Zooe // Foto 2: Gustavo Remor // Foto capa: Juliano Conci


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS