Quando falam em Goiás, acredito eu, que a primeira coisa que cruza a grande maioria dos pensamentos não é techno. Mas isso está prestes a mudar graças ao trabalho de nomes como Alex Justino. A Nin92wo, label de Alex criada em 2012, está mudando a perspectiva inicial da cultura da música eletrônica no centro-oeste do Brasil com um trabalho duro e foco especial na produção.

A primeira regra para se produzir bem é ouvir bem e isso Justino domina, escolhendo a dedo os artistas da última compilação: Arquétipo I. Talking Machines, Monobloq, Lucas Arr, Nato Medrado, Alexandre Allegretti, Soul Flow e Riccii são os talentos nacionais que combinados resultaram em 6 maravilhosas tracks. O dono da label e o grego Yannis PK também participaram e o resultado são tracks mais darks, bem focadas no techno e levando quem as escuta a uma viagem digna de uma noite em Berlim.

No Beatport uma explicação sensível do sentido da palavra arquétipo no contexto da psicologia analítica é dada para quem quiser entender um pouco do processo criativo por trás da compilação. Fazendo referencia musical ao termo que é usado para descrever a forma material que fenômenos psíquicos tendem a expressar, a palavra também faz referencia a matriz de expressão e desenvolvimento psíquico. Ouça o release através do link abaixo: