No que diz respeito a inovação e design de sistemas de som, a britânica Void Acoustics tem buscado estar sempre um passo a frente de suas concorrentes – e olha que o mercado nunca esteve tão quente. Com foco na fabricação e distribuição de sound systems de alta performance, a marca pode ser encontrada em alguns dos principais clubs e festivais do mundo, entre eles o Glastonbury, famoso festival britânico que acontece ao sul de Bristol.

Resultado de imagem para Glastonbury void

A Void trabalha com uma filosofia de evolução no que diz respeito a seus produtos. Isso quer dizer que todos os sistemas disponíveis foram construídos com o princípio de entregar algo inovador e útil ao mercado. O suporte de uma das maiores e mais experientes empresas de R&D do mercado, garante a VA uma tecnologia pioneira com espaço para design de ponta, ponto que tem a posicionado entre as líderes do segmento.

Atualmente a marca inglesa conta com 16 produtos no mercado (Incubus, Air Motion, Airten, Indigo, Xsys, Mycro, Arcline, Stasys, Impulse, Node, Nexus, Cirrus, Venu, Cyclone, Basys, Viper) e cresce sob ritmo forte em diferentes regiões do globo. Após a descobrirmos nas transmissões do Mixmag Lab, convidamos o staff da Void para um bate-papo sobre o trabalho desenvolvido e entregue até aqui. Confira abaixo:

1 – Olá, amigos! Tudo bem? A Void ficou conhecida por reunir em seus produtos uma combinação de design, som e tecnologia inovadora. Na sua visão, essa mistura é a principal responsável por distinguir a Void das demais marcas do mercado?

Nós sempre tivemos como foco principal a criação de produtos que superem as expectativas dos nossos consumidores e até certo ponto, redefinem o que eles esperam ver. Para conseguir isso, é levado em consideração todos os aspectos do design, inovação tecnológica e produção, em termos de qualidade do som. Nos diferenciamos significativamente de outras marcas porque adaptamos nossos projetos de tal maneira que nossos clientes poderão ter sound systems verdadeiramente únicos, com designs únicos. Quer se trate de cores personalizadas para combinar com a decoração de casas noturnas, ou alto-falantes marcados com a logo de uma empresa, como o icônico azul usado no The Do-Over e Adidas Originals Airtens, enfrentaremos qualquer desafio do design e encontraremos uma maneira de fazer acontecer para os nossos clientes.

Resultado de imagem para The Do-Over void acoustics

2 – Como é o processo de criação e fabricação de novos sistemas dentro da Void?

Void é uma organização viva. Sabemos que para permanecer na vanguarda do design e tecnologia de inovação precisamos fazer observações continuamente e tirar informações das experiências de vida no mundo real que nos cerca. Estamos sempre buscando os dados mais recentes e os resultados de pesquisa em nossa indústria, para em seguida, usarmos esse conhecimento e compreensão aprimorados para evoluir o nosso processo de fabricação. Empurrar limites, adaptar-se e observar regularmente formas de melhorar nos levou a uma evolução contínua como negócio.

3 – A parceria com a Mixmag contribuiu para que a marca da Void se tornasse mais conhecida dentro da música eletrônica, certo? Quais outras parcerias que vocês possuem dentro dessa cena?

Alinhar com parceiros certos que compartilham da nossa visão e caminham para alcançar padrões elevados é essencial para o nosso negócio. Queremos trabalhar com pessoas que se sentem tão apaixonadas pela música e pela qualidade de som excepcional quanto nós, e reunir os dois em diferentes espaços para serem apreciados com os outros. Na Void, investimos tempo no desenvolvimento de relações fortes com um conjunto diversificado de parceiros valiosos que trabalham conosco em diversas formas. Nossa parceria com a Mixmag é particularmente especial para nós e estamos ansiosos para ver como ela se desenvolverá no futuro.

4 – Na visão de vocês, quais são os principais fatores que precisam ser levados em consideração na hora da construção de um soundsystem? Para os produtos da Void, quais foram as prioridades?

A primeira consideração a fazer em uma nova compilação é levar em conta as necessidades e prioridades do usuário final. É daí que você tem que começar. Ao longo dos anos, descobrimos que essas conversas iniciais com os clientes são uma das partes mais importantes de todo o processo. Nós somos realmente específicos no que o cliente quer e porque ele quer isso; ao fazer perguntas-chave para identificar seus requisitos, podemos então aconselhá-los sobre a melhor opção para o resultado desejado. Ao desenvolver um produto, acreditamos que sempre deve ser inovador, pensar à frente e entregar algo especial. Outros fatores importantes envolvidos são: fisicalidade – o tamanho, a forma e o estilo do soundsystem, considerar como ele está montado e protegido, onde ele será posicionado, exigências internas e ao ar livre, e assim por diante; saída – tendo em conta o tamanho da área em que está sendo projetado e a capacidade do local; e o orçamento do cliente. Não temos um limite de preço superior, o que novamente, possibilita infinitas possibilidades.

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, multidão e show

5 – É nitída a evolução do design auditivo no século XXI, seja através dos produtos da Void ou de outras marcas do mercado. Após tantas melhorias, como dar o próximo passo? Vocês acreditam que ainda é possível criar algo totalmente inovador no que diz respeito a soundsystem?

Todo nosso ethos é fundado na crença de que sempre há algo novo para criar e tentar. É por isso que iniciamos nossa empresa e continuamos existindo. Embora a maioria das teorias fundamentais do som tenham sido definidas, estamos agora em uma era tecnológica emocionante, onde podemos modelar o impensável – às vezes absurdo – e continuar abraçando um mundo ilimitado de possibilidades do design. O desafio de encontrar formas alternativas de design, levar nossa prática existente e empurrá-la ainda mais, sem comprometer a qualidade e criativamente resolver problemas de maneiras inovadoras é a essência do nosso negócio.

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

6 – Esse ano vocês estiveram presentes no lendário Glastonbury. Quais produtos foram levados até o festival? O que representa para Voidestar presente em um evento desse porte?

Foi um enorme prazer ver tantos frequentadores do festival experimentarem Void no Glastonbury esse ano. Vários palcos apresentaram todo nosso principal sistema club “Incubus” e nosso novo sistema itinerante, o Arcline 8, para o Air Motion no palco Love Bullets. Nós já temos sistemas no Glastonbury há anos e eles estão crescendo em número. Para nós, é uma grande honra trabalhar com tantas pessoas talentosas associadas ao festival e mal podemos esperar pelo Glastonbury 2019!

Nenhum texto alternativo automático disponível.

7 – Atualmente, como a Void está olhando para o mercado brasileiro? Há planos para uma inserção mais forte por aqui?

PRO AVLS é nosso representante na América Latina e no Caribe, operando no nosso escritório americano para vendas, suporte e envio de produtos. O aumento da conscientização da marca e o crescimento do mercado nos últimos 12 meses nos levou a avaliar as perspectivas de distribuidor, revendedor e integrador de sistemas na maioria dos países da América Latina. À medida que estabelecemos nossa rede de vendas na por lá, apoiamos usuários finais que mostraram interesse em adquirir nossos produtos e estão procurando soluções personalizadas. Podemos atender a um conjunto diversificado de necessidades e não se limitar a casas noturnas e DJs; qualquer local brasileiro que esteja procurando excelente qualidade de som, facilidade de uso e flexibilidade pode se beneficiar com a instalação de um soundsystem Void Acoustics, seja um hotel, academia ou templo.

A música conecta as pessoas!