READING

Uma noite marcada pelo charme no Warung

Uma noite marcada pelo charme no Warung

 A noite do dia 17 contou com um dos line ups mais elegantes do Verão 2014 no Warung. A lenda Sasha e o charme de Lee Foss e Anabel eram muito aguardados pelos fãs do templo. Um dia lindo e uma noite estrelada embelezaram ainda mais a Praia Brava para o festão que estava por vir.

  O garden, a tradicional e querida pista 2 do club, se é que da pra chamar assim, viveu uma noite de protagonista, lotada do começo ao fim da noite, registrou vários momentos daqueles que ficam para a história de um club, por conta disso, começamos nosso review pelo Main Room.

img-3537 Chegamos a tempo de acompanhar o warm up de Dimitri Nakov, que pegou uma pista mais tímida que sua última passagem pelo club, com a função de preparar a pista para Sasha, e ele não decepcionou, com cuidado e qualidade, fez uma apresentação técnica entregando a cabine para Sasha com muitos fãs em frente ao palco. A pista com alguns espaços vazios, não intimidou a lenda, que fez o que se esperava dele. É incrível como Sasha cria uma atmosfera por onde passa, em pouco tempo a pista já está sendo controlada por se estilo, um long set daqueles que poucos sabem fazer, aos gritos de “Ole ole ola, Sasha Sasha” o sol nasceu na Praia Brava, um tributo a música e a natureza.

-cimg-3428 É compreensível que o Garden tenha roubado a cena, nem é a primeira vez que isso acontece também. A pista é mais arejada que o main room e as atrações eram de peso também, especialmente pelo live vocal de Anabel. O warm up foi feito por André Marques, membro da crew R.O.K.O, o artista fez um warm up de classe. André sabia o que estava fazendo ali e com segurança entregou a pista cheia para Lee Foss. A apresentação teve um live vocal de 30 minutos com Anabel. Destaque para a euforia da pista nos vocais de Electricity e Reverse Skydiving. Ela mostrou um potencial vocal fantástico, com a mesma qualidade que as tracks teriam se tivessem sendo executadas em um DJ set. Sensual e carismática a loira parecia estar interagindo com cada um da pista, uma apresentação para ficar em nossos corações para sempre. As 2 horas Lee Foss deu início ao seu DJ set, é nítido e gostoso perceber as referências musicais de Lee Foss, com alta técnica ele mesclou estilos, por hora mais acelerado, outrora mais lento. Não deixou de tocar várias tracks da sua gravadora, a Hot Creations e alcançou o ápice quando executou Reverse Skydiving, com o vocal de Anabel, sem ser live mas com a musa esbanjando sensualidade ao seu lado, na track Smalltak de Ultraista e na incrível atmosfera criada por Benedction do projeto Hot Natured, encerrou seu set com muitos aplausos. Agoria assumiu e sem dúvidas foi a boa surpresa da noite, acelerou o ritmo da pista, concentrado e compenetrado no que estava fazendo, reinou no amanhecer do dia no Garden, destaque para a track Requiem do Ten Walls, conduziu a pista até as 7 e meia da manhã, quando encerrou aos pedidos de mais uma.

Escrito com a colaboração de Ranieri Ferrari.

Credito Imagens: Warung


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS