READING

5 razões que tornam o D-EDGE Festival tão especial...

5 razões que tornam o D-EDGE Festival tão especial

Esse fim de semana São Paulo recebe um dos principais eventos da temporada 2018 de festivais. A edição Culture do D-EDGE Festival marca o segundo ato do evento em 2018, dessa vez em um formato que coloca em destaque os pilares históricos do club e contempla outras áreas além da música. Abaixo, separamos 5 razões que tornam essa semana de D-EDGE Festival tão especial. Confira:

PROGRAMAÇÃO IMERSIVA

Resultado de imagem para D-EDGE

A programação do evento é profunda e vai muito além do dia 15 de Dezembro, quando a maioria dos headliners se apresenta. O Culture contará ainda com as tradicionais noites Moving e Freak Chic com programação especial assinada pelo festival e uma série de eventos no Oficina, novo espaço que faz parte do grupo D-EDGE.

CULTURA E EDUCAÇÃO

O que esperar de um evento que leva a cultura em seu nome? Nos dias 13 e 14 de Dezembro, uma programação especial de palestras e mini workshops será apresentada no Oficina. Na programação, assuntos como light design, história da música eletrônica, residência & carreira, fotografia, processo criativo, produção musical e mind set serão abordados por profissionais que fazem parte do dia-a-dia do club.

TALENTO NACIONAL

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e multidão

A valorização constante do talento nacional é uma das premissas do D-EDGE ao longo dos seus quase 20 anos de história e essa edição do festival não poderia ser diferente. Renato Ratier, Alex Justino, Anhanguera, L_cio, Victor Ruiz, Amanda Chang, Kaká Franco, Marcio S, Ney Faustini e Dee Bufato estão entre os nomes que representam a ala nacional das atrações do evento. Certeza absoluta de música boa na pista com essa lista de artistas.

DOIS GRANDES PALCOS

Como já falamos anteriormente, 15 de Dezembro será a data principal de ações do D-EDGE Festival. Durante a tarde/noite deste dia, D-EDGE e Audio receberão boa parte dos headliners do evento, um formato não tão comum aqui no Brasil, mas já bastante praticado lá fora. O club que dá nome ao festival recebe Antigone, Barem, Daniel Bell e Thomas Melchior enquanto o Audio tem entre os destaques Bob Moses e M.A.N.D.Y.

HEADLINERS INTERNACIONAL

Por último, mas não menos importante a ala internacional do festival, que já foi citada em partes no tópico anterior. Novamente a curadoria ousada e profunda de Renato Ratier e sua equipe contempla um belíssimo line up, com algumas atrações gringas totalmente fora do óbvio, entre elas François X e Ezequiel Arias. Confira o line up completo aqui.

A MÚSICA CONECTA.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS