Olá, pessoal! Aqui é o Cesare Marchese, mais conhecido pela comunidade techno ao redor do mundo como Cesare vs Disorder – também sou parte do Azimute, um novo projeto com meu partner crime e veterano no mundo do techno, Quenum. Sou ainda proprietário do meu próprio selo, chamado Serialism Records, que nos últimos anos lançou artistas do calibre de Tale Of Us, Maceo Plex, Cassy, Mathew Jonson, Tiefschwarz, Dewalta, The Mole e muitos outros, além de alguns jovens talentos. A cada duas semanas irei trazer aqui para a coluna Um Som Gringo, uma faixa que acredito que os brasileiros amantes de música eletrônica precisam conhecer, além de um mix com o mesmo objetivo.

Nessa primeira semana, quero introduzir a vocês essa track incrível, lançada em 2004 pelo lendário selo alemão Playhouse, como parte do album The Meaning. “Zukunft In English” é uma surpreendente peça musical minimalist, trippy e funky. Um romance eletrônico produzido por Thomas Melchior aka Melchior Productions que dará a vocês arrepios ao ouvir, especialmente em um club escuro as 7h, numa festa de praia ao nascer ou por do sol, ou simplesmente em casa no seu sofá. “Zukunft In English” é uma faixa muito próxima a mim, pois costumava tocá-la direto durante minhas horas pós trabalho nas festas de East London, entre 2004 e 2007.

Minha primeira indicação de mix, é um podcast de um músico canadense que eu admiro muito, Colin De La Plante aka The Mole. O set foi gravado ao vivo no Club Der Visionarie há alguns meses e lançado no podcast da Serialism Records. É um mix com discos cósmicos, funk psicodélico, junto com alguns cortes minimalistas profundos que farão sua mente viajar e seu corpo pirar por uma hora. Espero que gostem.

A música conecta as pessoas!