O que esperar do Alataj Web Conference? Alan Medeiros comenta

Poucas vezes na jornada do Alataj tivemos um projeto tão desafiador como este: Alataj Web Conference. Por mais que pareça, esta não foi uma ideia que nasceu em meio a pandemia. A ideia de promover um ponto de debate virtual para a cena eletrônica vem de muito antes e, depois de vários adiamentos, se tornou possível este ano.

A verdade é apenas uma: organizar uma semana de conteúdo deste porte é algo que demanda um tempo, energia e investimento absolutamente maior do que parece. A gestão de pessoas e a edição profissional desse conteúdo que vocês terão acesso na semana que vem é algo realmente valioso e complexo de ser finalizado. Não por menos essa conferência idealmente aconteceria em Julho, depois Setembro, Outubro, começo de Novembro e agora, nesta atual data.

Mas enfim, hora de deixar os sinais de lamentação de lado por que a energia por aqui é a melhor possível para a semana que vem. Claro que o line-up ideal é sempre um pouco sonhador demais, mas creio que conseguimos reunir artistas e profissionais que fizeram a diferença ao longo de 2020 e tem muito a somar nos campos de diálogo que foram inseridos.

O Alataj Web Conference é diferente de uma conferência padrão, vale sempre lembrar isso. Nesta edição, ela está proposta dentro de três trilhas de conteúdo e acho importante destacá-las para vocês abaixo:

  • Artigos especiais: Serão sete ao longo de cinco dias. João Anzolin, Camilo Rocha, Matthew McDermott, Érica Alves, Tony Aiex e este que vos escreve formam o line-up que está destinado à abordagens editoriais, com assuntos que consideramos altamente relevantes para a indústria neste momento.
  • Entrevistas via Instagram: Q&A clássico no particular, com profissionais que estão trabalhando em altíssimo nível neste momento e com visão de conversa focada totalmente no futuro. Quer saber o que vem depois? Então já segue o Alataj no Instagram.
  • Webinars: Aqui a conferência encontra seu formato de conteúdo mais clássico. São cinco temáticas com painéis ao vivo no YouTube do Alataj, todos os dias às 16h. Dá pra ver ao vivo e depois também, mas o legal da live é poder interagir com os participantes, então fica a dica para você acompanhar em tempo real. Falaremos sobre negócios e arte – e por sinal há um painel exatamente com essa temática. 

Agora eu deixo os teasers, spoilers e observações de lado e convido você a se inscrever aqui para receber em primeira mão e tempo real todos os conteúdos dessa conferência. Só não vou dizer que este é o principal projeto do Alataj do ano por que, bem, muita coisa rolou desde que nos mudamos para Curitiba, mas sem dúvidas é algo que vamos nos lembrar por muito tempo, assim como foi com nossas primeiras conferências presenciais em Balneário Camboriú e Porto Alegre

Até logo.

A música conecta.