Invites

Invites | Bernardo Pinheiro: atemporalidades do Brasil e do mundo

Nós já acompanhamos o trabalho do paraense Bernardo Pinheiro há algum tempo. Tivemos a oportunidade de fazer um episódio do Vitrola com ele, no início de 2018, além de uma entrevista recente por conta do seu release Run Free pela Cocada Music. Mas a verdade é que a admiração que cultivamos pelo artista vem ainda mais de longe, afinal, Disco Music e música brasileira em geral sempre estiveram presentes na essência do Alataj, e essas áreas Bernardo Pinheiro conhece muito bem.

Na década de 70, seu pai, Alberto Pinheiro foi um grande DJ de Belém; Bernardo também já teve banda de Rock, se aventurou pelo Drum n’ Bass, House e tocou de tudo um pouco. Morou um tempo em São Paulo, voltou para Belém em 2010, tocou em pubs, clubs, festivais, casamentos, e toda essa mistura de vivências o fizeram construir um perfil maleável que pode transitar da Disco ao Boogie, do House ao Funk, da Soul ao Afro.

Aqui, então, ele nos entrega uma playlist que reúne um pouco de tudo o que curte tocar. “São músicas de vários lugares do mundo que vão muito bem na pista ou em lugares para ouvir sentado. A ideia é transportar o ouvinte para onde ele quiser”. Pronto para o embarque? É só dar o play:

A música conecta.