Notícias

V.Souza e Grance (BR) comentam os detalhes de Jessy, EP que alcançou o topo do Beatport no Organic House

Embora seja um nicho consideravelmente pequeno no nosso país, não faltam boas referências de afro por aqui. Entre os novos talentos desta cena, ainda, temos a forte presença de V.Souza. Do alto dos seus 27 anos, o DJ e produtor nascido em Rondônia já conseguiu algumas proezas, como o EP Dandara, que entrou no Top #3 de Afro House do Beatport.

V.Souza é curador na label Fluxo, comandada por Zac e Fuscarini, por onde também passou a lançar frequentemente, além de já ter sido assinado por labels como Levels, Black Senses e Nature Collections. Além disso, possui a label party Red Circle

A maior plataforma de vendas do mundo agora viu V.Souza em ainda maior estima, dado que seu novo EP, Jessy, produzido em parceria com o porto-alegrense Grance (BR), chegou ao primeiro lugar no chart de Organic House Releases, reafirmando o potencial dos brasileiros nas vertentes percussivo-melódicas. 

Nos conhecemos através da comunidade da Fluxo e de cara nos identificamos, foi ali que começamos a realizar collabs e um dos resultados foi a Jessy. A track foi construída muito naturalmente, sem pensar no resultado final, quando vimos, tínhamos uma linda música em mãos”, conta V.Souza. 

O EP apresenta a faixa homônima em 120 BPM com características que se complementam perfeitamente: em um pólo, percussividade com elementos afro; em outro, momentos sintéticos apoteóticos que colocam belas melodias para atravessar progressivamente a faixa, até que nos deparamos com um clímax que entra completamente na nossa mente. 

Jessy ganhou também um remix de Peve, que pegou com cuidado as linhas melódicas de V.Souza e Grance (BR) e adicionou seu groove próprio e melodias sutis e complementares, deixando assim uma alternativa clubber bem interessante e imersiva para o trabalho original. 

Grance (BR) também confessa que não esperava tamanha repercussão. “Para mim [Grance] essa conquista significa muito, é apenas meu terceiro release e tudo o que aconteceu me deixa seguro de que estou no caminho certo e que todas as horas de estúdio valerão a pena! Desde o início sempre tivemos ótimos feedbacks da track, por isso acreditei que seria um bom lançamento, mas sinceramente, não imaginava todos esses resultados”, conclui o produtor.

A música conecta.