Vitrola
Vitrola
Vitrola
Vitrola

Vitrola | Os 45 anos do Clube da Esquina

Chegou a vez de relembrarmos um dos clássicos da nossa rica cultura musical. Clube da Esquina é uma verdadeira obra de arte composta por Milton Nascimento em parceria com Lô Borges. O lançamento foi um dos primeiros discos duplos do Brasil e tocou o coração do público pela nítida amizade de seus criadores. O álbum está próximo de completar 45 anos (isso acontecerá em Março), mas ainda segue moderno e encantando a todos com seus arranjos e melodias. Ele foi o marco de um importante movimento musical mineiro, formado por jovens que conseguiram mesclara influências do rock e do jazz em algo genuinamente brasileiro.

Resultado de imagem para clube da esquina

Clube da Esquina reflete o sonho de conquistar o mundo de dois jovens artistas mineiros – Milton e Lô. Cantando de bar em bar, esquina em esquina, eles pouco a pouco foram alcançando um espaço importante e de maior destaque no mercado disputado da MPB brasileira na década de 70. Parte significativa do sucesso de Clube da Esquina no exterior se dá pela inovação sonora presente no álbum. Inovação essa que foi capaz de romper algumas fronteiras artísticas bem clássicas da época.

O álbum possui uma ligação muito forte com a cultura musical de Minas Gerais. Entretanto, boa parte das canções foram gravadas no Rio de Janeiro. Os músicos envolvidos no projeto optaram pela produção das faixas em uma praia deserta (na época) de Niterói. Apesar do Clube da Esquina nunca ter existido fisicamente (para a tristeza de alguns), ele já atravessa gerações conquistando adeptos envolvidos e não envolvidos com a música nacional. Suas faixas são um daqueles raros exemplos que conseguem captar a atenção de ouvintes paraquedistas.

Resultado de imagem para milton nascimento

Fernando Brant, Márcio Borges (irmão de Lô), Wagner Tiso, Toninho Horta, Beto Guedes, Tavinho Moura, Ronaldo Bastos e Flávio Venturini são alguns dos “integrantes” desse Clube da Esquina. O número alto de participantes do trabalho dificultou a missão de Milton, que precisou dobrar e redobrar esforços para conseguir completar o desafio que era lançar um disco duplo no Brasil aquela época. Vale a pena! O disco é capaz de contar uma história completa e reflete um sentido muito mais amplo quando escutado e compreendido de ponta a ponta. Ouça-o abaixo

As faixas do álbum são realmente apaixonantes e algumas delas ganharam versões em vozes celebradas por aqui, como é o caso de Mercedes Sosa, Ney Matogrosso, Nenhum de Nós e Samuel Rosa. Esse ano, Clube da Esquina foi relançado em vinil, numa parceria entre Polysom e Universal. A postagem começou a acontecer oficialmente dia 5 de fevereiro e o disco é peça obrigatória para aqueles verdadeiros fãs da MPB. Mais do que isso, é um álbum indispensável para os que buscam entender os traços da nossa consagrada cultura musical.

Resultado de imagem para clube da esquina capa
A música conecta as pessoas!