O brasileiro Sonic Future lançou essa semana pela gravadora alemã Crossfrontier Audio seu novo EP. Themes (Part 1) faz parte de uma série que irá explorar estruturas e características únicas. Nesse primeiro momento, a simplicidade e a sofisticação melódica estão em evidência em ambas as faixas, que são provas reais da constante evolução musical que a carreira do produtor gaúcho Cesar Funck está inserida.

Logo de cara, fica claro de como ambas as tracks se comunicam entre si e formam um trabalho sólido, de identidade e personalidade musical, atributos que também podem ser direcionados ao artista brasileiro. Ainda assim, é difícil tirar o destaque da construção das faixas da forma simples como elas se desenvolvem e conquistam o ouvinte.

A semelhança entre “Theme I” e “Theme II” vai além de seus nomes, que são capazes de confundir os mais desapercebidos. O espaço deixado em uma é preenchido na outra. A áurea iniciada na primeira, é completada na segunda. Nitidamente, há uma preocupação com o contexto artístico em que as faixas estão inseridas e no perfil sonoro da gravadora também. Este segundo ponto, fruto da proximidade entre Sonic Future e Marc Poppcke, boss label da Crossfrontier Audio.

Às vésperas de uma tour internacional que terá um mês de duração e nove datas, Sonic Future se reafirma como um dos projetos mais interessantes da dance music brasileira na atualidade. Talentoso e inteligente na construção de faixas melódicas, o DJ e produtor tem se mostrado especialista em criar uma música difícil de ser categorizada, mas fácil de ser sentida na pista. Não precisamos mais que isso. A música conecta as pessoas!