READING

On Air #011 – Mezomo (Sunset Sessions)

On Air #011 – Mezomo (Sunset Sessions)

O Sunset Sessions é uma marca de Santa Maria. O evento tem contribuído muito para a cena gaúcha e é um dos projetos que nós do Alataj mais admiramos, com excelente curadoria artística e material gráfico de ponta a festa promete crescer muito ainda. Entrevistasmos Mezomo, um dos organizadores da festa, confere aí o bate bapo.

1. A cena do Rio Grande do Sul tem evoluído de maneira significativa e embora ainda não exista um club com a expressão do Warung ou Green Valley por exemplo, já existem vários núcleos e crews realizando um excelente trabalho. Como surgiu o Sunset Sessions e quais foram as primeiras dificuldades separadas?

Mezomo – A Sunset Sessions surgiu do desejo de fomentar o conhecimento e o interesse pela música eletrônica conceitual em Santa Maria, recriando um cenário e incluindo a cidade na rota de artistas nacionais e internacionais.

A maior dificuldade foi a conquista da credibilidade do publico perante à um novo formato de entretenimento. Entretanto a resposta ao som de qualidade foi instantânea, facilitando o fortalecimento da ideia.

2. Mezomo, vocês tem planos de cada vez mais se tornar uma festa itinerante ou pretendem se instalar e fortalecer cada vez mais em Santa Maria?

Mezomo – A idéia é expandir a marca à nível nacional, de tal modo que viabilize a realização de eventos em variadas localidades. E naturalmente continuaremos fortalecendo o cenário de Santa Maria, realizando nossos eventos principais, as Tardes de Som e Sol, por aqui.

3. Ano passado vocês levaram Kolombo, conte pra gente um pouco dos desafios que foi realizar esse grande evento.

Mezomo – Foi nossa segunda atração internacional e certamente um marco importante para o projeto, para o cenário local e para a propagação da marca Sunset Sessions. A resposta do público foi incrível e tivemos sold out cinco dias antes da festa. A tarde foi de som e chuva, que dificultou bastante a logística do evento , mas que não afetou em nada a mágica vibe criada pelo som do belga e dos demais.

4. Um dos destaques do Sunset Sessions é a identidade visual. Todo trabalho de artes e principalmente de vídeo é incrível, daqueles que nos fazem dar uma conferida para ver se foi feito no Brasil mesmo. Quem realiza esse trabalho e quais são as influências?

Mezomo – O maior patrimônio de nosso projeto é nossa identidade visual. O diferencial é que ele é elaborado por um super profissional – Josuca Mainardi da Jaamba Criativa – que além disso é nosso brother de fé. Dessa forma, a sintonia que rola é demais e todas as idéias são elaboradas em conjunto por nós e por ele. As referências mais fortes são as crews californianas Lovelife e Culprit. Sounds in da city também sempre nos inspirou.

5. Recentemente vocês assinaram um podcast com o Alaplay, de Santa Catarina. Existe planos para trazer o projeto pra cá?

Mezomo – Certamente. Visamos a criação de parcerias com núcleos atuantes na cena, assim como a que fizemos com a Beehive Club, de Passo Fundo, que resultou numa incrível Tarde de Som e Sol por lá. Tendo validado esse formato de evento itinerante, agora é uma questão de tempo até alcançarmos o litoral catarinense.

Confia o podcast gravado por Mezomo para a Alaplay:

Sunset Sessions: www.sunsetsessions.com.br


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS