Nós já falamos algumas vezes por aqui o quão efervescente é o mercado da música eletrônica no Rio Grande do Sul. Inclusive, esse foi um dos motivos que nos levaram a realizar a segunda edição do Alataj Conference em Porto Alegre. Há bons clubs, ótimos núcleos e principalmente um excelente material humano envolvido em todo o processo.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado, comida e área interna

Um dos expoentes desse movimento é o jovem Mau Maioli, exemplo clássico daquele apaixonado pelo cenário como um todo que não se contenta em atuar apenas em uma frente. Como DJ, já passou por praticamente todas as principais festas do estado. Nos bastidores, é um dos grandes responsáveis pelo fato do Muinho, em Farroupilha, ganhar projeção nacional e agora ele parte para dominar uma área que ainda está em aberto na sua carreira: a produção musical.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área interna

Anteriormente, Mau já teve alguns releases assinados por selos de pequena expressão. Mas, nenhum deles com tamanho cuidado e dedicação quanto Parallax, EP trabalhado em parceria com a Prisma Techno. O lançamento vai ao ar na próxima segunda-feira e possui 2 faixas originais e 3 remixes assinados por Paulo Foltz, Phouz e Hc Kurtz. O Alataj oferece com exclusividade a premiere da faixa-título. O próprio Mau Maioli comenta o release:

A Parallax foi uma das músicas em que eu tive um insight rápido e consegui executar ele ao mesmo tempo. Percebi que todas faixas as quais eu gostei do resultado (assim como ela) eu tive no máximo 4 horas de estúdio. Ela é especial, pois ditou uma nova etapa para mim. Era um estilo que eu buscava chegar, mas dentro das minhas produções eu caia muito para músicas mais melódicas. Na Parallax eu consegui executar exatamente o que eu pensava!
A música conecta as pessoas!