READING

5 produtores que Dixon ajudou a revelar com a Inne...

5 produtores que Dixon ajudou a revelar com a Innervisions. Sexta ele toca no Caos!

O feriado do Dia das Crianças está logo aí, mas será dos adultos — e durante 17 horas de festa — o privilégio de conferir o show de um dos principais DJs do mundo, Dixon, para apresentação única no Brasil, no próximo dia 12. O anfitrião será o Caos, em Campinas, club que vem traçando uma trajetória cada vez mais marcante na região, tendo trazido artistas importantíssimos para o cenário nacional e internacional, como Laurent Garnier, Carl Craig, Modeselektor, Nina Kraviz, Marco Carola, ANNA, entre outros.

O trabalho do alemão, amplamente prestigiado em suas mais de duas décadas de carreira — só como DJ #1 pelo Resident Advisor foram quatro vezes consecutivas — marcou o cenário de música eletrônica não somente por suas músicas e DJ sets cheios de emoção, mas também com a Innervisions, label que criou com o duo Âme e que ajudou a difundir talentos que hoje trilham caminhos sólidos e muito proeminentes em suas carreiras. Selecionamos e contamos um pouco sobre cinco desses artistas que, é claro, estão sempre no case do Dixon, enquanto o grande dia não chega para Campinas, no evento também apresenta Davis, Eli Iwasa, Vermelho, Dani Souto e Linda Green (mais informações aqui):

Trikk | Nascido na cidade de Porto, Trikk possui características artísticas singulares. Foi com o lançamento do seu álbum Mundo Ritual, em 2017, que o português chegou ao seu auge de autenticidade, com músicas dançantes, percussivas e marcantes, como “Kunu”.

Recondite | Profundo, minimalista e intenso, este live performer alemão, que também tocou recentemente no Caos, dispensa apresentações. Um dos mais talentosos artistas do techno, imprime em suas faixas atmosferas melancólicas, com grande diversidade de batidas e humores entre o deep house, techno, ambient e acid house, como no álbum Placid, ou até mesmo influências orquestrais, como no seu mais recente álbum, Daemmerlicht.

Culoe de Song | O DJ e produtor sul-africano começou sua carreira em 2007, mas já no ano seguinte foi um dos convidados para a Red Bull Music Academy em Barcelona. Criativo e destemido, Culoe de Song tem em seu repertório tanto faixas melódicas e lúdicas quanto bombas para as pistas. Explodiu na Innervisions com tracks como Y.O.U.D.e Webaba.

Frankey & Sandrino | Passeando tranquilamente entre o techno, tech house e deep house, as melodias fluidas e particulares da dupla alemã agradam a gregos e troianos, fato que levou o hit “Acamar” a mais de 3 milhões de audições no Spotify, e o duo a tocar nos principais eventos do mundo, incluindo diversas apresentações no Brasil. Além da Innervisions, também possui lançamentos expressivos em selos como Suara e Armada Deep.

Aera | Mais um conterrâneo alemão de Dixon, Aera obteve grande destaque na Innervisions com o EP Running Hot, que ganhou até remix do incrível Steve Rachmad. Dotado de grande tino artístico, este talentoso produtor não enxerga barreiras de estilos e já produziu desde IDM a deep tech house. Lançou neste ano um álbum completo, The Sound Path.

A MÚSICA CONECTA.


Alan Medeiros é publicitário, sócio-fundador do Alataj e nome por trás da Beats n' Lights Management.

RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS