Faixa a Faixa | DJ Vinnly – Watumbia [BIOma Rec]

O label catarinense Bioma Rec. surgiu para reunir e impulsionar novos talentos do cenário alternativo que focam em sonoridades dentro do Downtempo, buscando um multiculturalismo dentro de vertentes sonoras orientais, afro, brasileiras e latinas. A gravadora já possui alguns lançamentos que contam com faixas originais e edits com um viés eletrônico diferenciado e por vezes até experimental, mostrando a diversidade criativa dentre os produtores nacionais.

Em meio aos novos lançamentos encontramos a faixa Watumbia, projeto que uniu artistas brasileiros e colombianos. Estamos falando da colaboração entre DJ Vinnly e a banda Colectivo Algoritmo, que colocaram na composição vertentes musicais africanas, afro brasileiras e a Cúmbia colombiana. A track nasceu de um edit da canção Oiô Gerê, inspirada na cantora e atriz Maria Alice Conceição, mais conhecida como Watusi. O trabalho ainda recebeu o remix do artista Forest Louche em uma pegada perfeita para a pista de dança.

O lançamento da criação aconteceu na quinta-feira (30) e convidamos os envolvidos para comentar um pouco mais sobre este projeto. Você confere o resultado agora no nosso Faixa a Faixa.

Watumbia (Original Mix) | Tudo começou com um loop de marimba da Oiô Gerê, um clássico nas pistas dos bailes brazukas, a qual samplei no meu mixer Djm 400. Ele tem uma função “in loop sampler” que permite alterar o pitch reduzindo ou aumentando as batidas pelo próprio bpm tap. Originalmente a música está em 107 bpms, mas brincando com essa função do mixer acabei baixando pra 91 bpms e foi quase impossível não ouvir um ritmo de Cúmbia com esse andamento.

Foi quando então decidi fazer um edit inicialmente, mas a coisa foi indo pra outro lado e graças a um feliz encontro online me vi colaborando com o grupo colombiano Colectivo Algoritmo de Ibagué, conhecida como a capital musical da Colômbia!

Após algumas conversas trocando ideias com o percussionista e líder da banda, Edwin Cruz, chegamos no conceito da Watumbia, uma fusão de música afrobrasileira com a cúmbia colombiana. O grupo se reunião algumas vezes e improvisaram em cima da base que mandei com o sample original e mandaram ver!

Watumbia (Remix Forest Loucher) | Quando recebi as faixas para fazer o remix, já vi logo de cara ali que eu conseguiria desenvolver de um jeito muito natural o resultado final que eu queria pra track. O resultado seria um reflexo de várias influências do Indie House contemporâneo que consumo atualmente. Minha track de referência para esse remix em especial foi a track da Peggy Gou, Maktoop, que pra mim é umas das músicas mais cabreiras do gênero. 

Usei basicamente a base dos tambores originais e construí minha versão em cima disso. Utilizei um vst de baixo acústico pro baixo e um jogo de pergunta e resposta com uma flauta que vinha com o pack do remix e um timbre ácido. Em geral, eu gostei muito do resultado dela, consegui transmitir o que eu queria e não vejo a hora de testar na pista

A música conecta.