READING

Special Series | Daniel Avery

Special Series | Daniel Avery

Das construções musicais mais conceituais até as mega produções comerciais, o Reino Unido é berço de uma infinidade de artistas cruciais para o desenvolvimento do cenário eletrônico mundial. Além disso, o movimento de contracultura das raves no início dos anos 90 e a abertura de clubs emblemáticos nos grandes centros carregaram uma geração e influenciam até hoje as pistas de dança pelos cinco continentes. E é nesse contexto que surge um dos nomes mais comentados do techno por sua abordagem de vanguarda na música eletrônica: Daniel Avery.

A história de Avery poderia se confundir como a de muitos outros DJs que cresceram na década de 90. Nascido em uma pequena cidade no sul da Inglaterra, Bournemouth, ele encontrou no violão seu primeiro amor pela música e no rock sua paixão adolescente. Foi aos 18 anos que começou sua trajetória profissional como Disck Jockey, tocando no Consortium, club alternativo em sua cidade natal.

+++ Entenda a música pela visão de Nina Kraviz em entrevista exclusiva!

Não demorou muito tempo para tudo começar a crescer e a música tocada por Avery se transformar gradualmente. Quando se mudou para Londres, ganhou espaço no club Kill ‘Em All, que logo após rendeu-lhe a oportunidade de abrir a pista do célebre Fabric, spot que até hoje o recebe para longas jornadas musicais. 

Se a carreira como DJ crescia exponencialmente, bastou Daniel Avery lançar seu primeiro álbum, Drone Logic, pra ser requisitado mundialmente pelos maiores e melhores clubs e festivais do globo. O álbum, muito bem avaliado pela crítica, estabeleceu um plano cerebral e psicodélico à sua música, com sintetizadores latejantes, progressões de acordes melódicos, ritmos de House e Techno e uma ambiência hipnotizante. Para Avery, a ideia é criar uma música que parece irreal e transporte o público para outro lugar. 

Posteriormente, com o lançamento de Song For Alpha, Daniel Avery se consolidou como um dos produtores mais vanguardistas do cenário eletrônico, além de continuar fomentando sua posição como um DJ de mão cheia. Hoje, ele se encontra em um lugar especial em sua carreira. Não há dúvida de que é responsável por revitalizar pistas de dança, dando vida, vigor e fazendo o público esquecer o mundo exterior quando assume o comando das cabines.

A música conecta.


RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM
SIGA-NOS